Lacaios… Serviçais… Soldados das Trevas Gélidas… Relembrando Naxxramas!

Maldição de Naxxramas trouxe a Hearthstone um modo de jogo totalmente novo! O modo aventura veio para inovar o jogo, e trouxe trinta novos cards para a coleção.

Campo de batalha de Naxxramas

Em Naxx vimos como o Lich [Kel’Thuzad] comandava sua necrópole sobre Azeroth, e enfrentamos chefes poderosos para conquistarmos nossos novos cards. 

Maldição de Naxxramas foi a primeira aventura de Hearthstone, sendo lançada em 22 de julho de 2014. A aventura já rotacionou para o modo Livre, mas seus cards passaram a poder serem criados sem comprar ou completar a aventura. Além disso, criar é a única maneira de obter cards de Naxxramas dourados. A aventura também pode ser adquirida na loja da Blizzard, atualmente por R$42.

Como funciona a aventura?

São cinco alas, lançadas semanalmente. Sendo elas: o Distrito dos Aracnídeos; o Distrito da Peste; o Distrito Militar; o Distrito dos Constructos; e o Covil da Serpe Gélida. Cada uma é habitada por vários chefes. Você não precisa completar as alas em ordem, mas é preciso derrotar os chefes de cada uma em sequência. 

Derrotando um chefe, você adiciona duas cópias de um card neutro novo à sua coleção. Por exemplo, ao acabar com Anub’Rekhan, você recebe um par dos cards [Rastejante Assombrado]. Além disso, ao terminar uma ala, você destrava um card lendário novo, e, ao completar os desafios de classe, você recebe outros novos cards para aquela classe.

Para destravar um desafio de classe, você precisa derrotar o chefe associado com aquele desafio. Por exemplo, a Grã-Viúva Faerlina, do Distrito dos Aracnídeos, é a guardiã do desafio de Druida. Ao derrotá-la você fica apto ao tentar o desafio. Em todos os desafios o jogador recebe um deck personalizado, pré-definido, feito para testar suas habilidades com a classe em questão. 

No Mundo de Warcraft

Anos atrás, o senhor da cripta [Anub’arak] liderou um exército de guerreiros mortos-vivos para o antigo zigurate nerubiano agora conhecido como Naxxramas. As forças do Flagelo invadiram a cidadela e, sob a vontade do Lich Rei, seus corredores foram transformados em uma potente máquina de guerra. Escondido atrás de uma espessa camada de nuvens, Naxxramas cresceu em força, e a ira crescente dentro da necrópole foi desencadeada sobre o mundo.

Foi a base de operações de [Kel’Thuzad], quando retornaram a Lordaeron, e espalharam a peste. 

As forças de Kel’Thuzad foram severamente tributadas para manter a segurança da necrópole. Mas agora os portões de Naxx estão abertos, e as novas forças de Kel estão rapidamente varrendo toda a oposição ao Flagelo.

Caminho para a conquista da desgraça

Durante a primeira Invasão, o Flagelo atacou a Cidade de Ventobravo, que mais tarde levou a um contra-ataque da Aliança. [Bolvar Fordragon] recrutou heróis da Aliança que atacaram Naxxramas e derrotaram Kel’Thuzad. 

Mais História

Acima dos desertos devastados pela guerra da Dragonblight, Naxxramas retornou com fúria renovada. Kel’Thuzad sitiou a fortaleza da Aliança, Wintergarde. Enquanto facções de todo o mundo convergem no portão da cidadela de gelo, a guerra contra o Flagelo entra em sua hora mais crucial. É dentro da Naxx que a maré da batalha pode virar contra [O Lich Rei], ou irrevogavelmente a seu favor.

Como eram as Alas da necrópole no mundo de Hearthstone?

Cada chefe é um oponente do computador com suas próprias cartas únicas e Poderes Heroicos, projetado para ser “difícil, único e interessante”. Os encontros introduzem novos elementos estratégicos, forçando você a “mudar a forma como você joga”. São 15 os chefes da aventura, com os chefes e sua sequência combinando com sua saga na raide de World of Warcraft.

Distrito dos Aracnídeos

O Distrito dos Aracnídeos abriga nerubianos mortos-vivos, uma antiga raça de seres aracnóides inteligentes. Normalmente altamente reclusos e desconfiados, quando vivos lutavam bravamente contra o Flagelo dos mortos-vivos. Mas foram dominados por seus números. 

Um dos lacaios criados pelo Lich Rei foi o Anub’arak. Quando vivo ele era um dos senhores mais poderosos dos nerubianos. Agora, ele guarda as portas do bairro dos aracnídeos que abrigam a Grande Viúva Faerlina.

A Grã-viúva Faerlina foi um dos membros do alto escalão do Culto dos Malditos. Em morte, ela cria e cuida de uma quantidade aparentemente infinita de aracnídeos, que populam das profundezas da cidadela. Uma mestra dos venenos, ela tem um profundo entendimento do que faz os mortais sofrerem.

Os venenos que ela inventa vêm dos filhotes produzidos por Maexxna, que é uma enorme aranha retirada das profundezas de Nortúndria. Ela se delicia com os tolos o suficiente para entrar na necrópole, produzindo aranha após aranha para Kel’Thuzad usar para seus próprios fins malignos.

O Distrito da Peste

Noth, o Pestífero

Repleto de monstruosidades distorcidas pela praga dos mortos-vivos, o Distrito da Peste produz e refina a praga em armas altamente eficientes. Além disso, estão empenhadas em destruir toda a humanidade como parte do exército de mortos-vivos de [Kel’Thuzad].

Noth, o Pestífero, já foi um mago respeitável de Dalaran, que ouviu o chamado do Lich Rei, da mesma forma que Kel’Thuzad. Também impulsionado pelo poder, ele aceitou a convocação para atender às necessidades do Flagelo, com suas habilidades em necromancia e tecelagem de maldições. No entanto, quando Noth viu que a Terceira Guerra estava levando inúmeras vidas inocentes, ele começou a questionar sua decisão de se juntar a Kel’Thuzad. Kel lidou rapidamente com a crescente compaixão de Noth, congelando o coração vivo no peito dele.

Repugnaz

Heigan, o Sujo, foi o cérebro por trás da magia dos caldeirões. Foi ela que rapidamente espalhou a praga dos mortos-vivos através de Lordaeron. Com isso, não apenas os humanos foram corrompidos, mas também a flora e a fauna da região. com isso todo o deserto ao redor de Lordaeron é agora chamado de “as Terras Pestilentas”.

Um excelente exemplo de como a peste se manifestou na flora e fauna locais é [Repugnaz]. Ele pode evocar esporos mortais que rapidamente espalham um miasma repugnante que transforma artes mágicas de cura naqueles que as manejam.

O Distrito Militar

Muitos dos humanos e suas montarias leais, antes soldados no exército de Lordaeron, agora encontram seus talentos marciais postos em uso no Quartel Militar de Naxx. Aqui, a serviço de Kel’Thuzad e do Lich Rei, eles aperfeiçoam suas habilidades além do que poderiam ter conseguido na vida.

Instrutor Razúvio é o treinador dos Cavaleiros da Morte. Ele é o mais feroz e leal dos servos do Lich Rei. Seus ataques são seguros e mortais, e há rumores de que apenas os alunos sob sua tutela podem suportar até mesmo um único golpe de sua espada mortal.

Curiosidade: Instrutor Razúvio foi originalmente pensado como uma recompensa colecionável da aventura. Ele era um lacaio de cinco manas 8/8 com o efeito: “No começo de seu turno, evoque um 2/2 com Provocar para seu oponente.”

Gothik, o Ceifador, mestre da necromancia, ensina aos jovens Cavaleiros da Morte o poder de convocar os mortos-vivos para ajudá-los. Mesmo o mais novato Cavaleiro da Morte pode chamar os sem vida de seus túmulos, graças às técnicas sombrias e sinistras de Gothik. 

A guarda real de Kel pode ser encontrada nos Quatro Cavaleiros: Lady Blameaux é uma mestre da sombra, capaz de drenar a essência da vida daqueles que ela encontra; Thane Korth’azz controla o poder destrutivo do fogo e pode até mesmo lançar meteoros de fogo dos céus; Sir Zeliek já foi um paladino, tão poderoso na vida que ainda pode manejar a Luz na morte; e o [Barão Rivendare], outrora amigo de Kel’Thuzad, agora continua a servir seu antigo companheiro na morte com seus poderes corruptores e o esquelético Caçador de Morte.

O Distrito dos Constructos

Retalhoso

O Distrito dos Constructos abriga várias abominações de pesadelos costuradas dos que já viveram. 

Retalhoso é uma das abominações mais poderosas. Sua força e velocidade são um choque para aqueles que podem enfrentá-lo em combate. Longe de ser um morto-vivo lento e sem mente, ele usa seu imenso poder para pulverizar qualquer oponente.

Curiosidade: Retalhoso foi originalmente planejado para ser um card da aventura, com custo de 10 manas e atributos 14/14.

Grobbulus se esconde mais profundamente, carregando o mesmo limo que flui através dos Naxxramas dentro de sua forma gigantesca. Ele é um gigante de carne, o primeiro sucesso do seu tipo. Foi criado para construir um exército formidável capaz de espalhar rapidamente a praga dos mortos-vivos. Um de seus membros foi substituído por uma seringa, para injetar o lodo da praga em seus inimigos.

O cão-praga Gluth senta-se obedientemente aguardando ordens de seus mestres. Há rumores de que ele devora um exército de mortos-vivos em sua refeição diária. E também que ele os usa para unir sua própria carne em decomposição.

O horror final é Thaddius. Reunido da carne dos inocentes, essa abominação maciça reside em um dos laboratórios experimentais de Naxx. Ele é “guardado” por duas enormes criaturas – [Stalagg] e [Feugen]. 

Curiosidade: Thaddius foi construído a partir da carne de mulheres e crianças, dizem que suas almas se fundem – eternamente presas dentro daquela imunda prisão de carne.

O Covil da Serpe Gélida

O desafio final de Maldição de Naxxramas. Apenas dois chefes estão no caminho entre você e a vitória suprema. 

Um dos Dragões da guarda azul de [Malygos], Sapphiron, foi morto por Arthas Menethil e ressuscitou dos mortos para vigiar Kel’Thuzad por toda a eternidade. O frio da geada está sob seu comando e ele usa sua magia para defender Kel’Thuzad a todo custo.

Na luta contra Kel’thuzad, quando o jogador estiver de Caçador e usar o card [Companheiro Animal] ele evocará o gato de Kel’thuzad, o Sr. Bigglesworth.

E no topo de Naxxramas enfrentamos o próprio Kel’Thuzad: “Lacaios… Serviçais… Soldados das Trevas Gélidas. Atendam ao chamado de Kel’Thuzad”.

Curiosidades a respeito de Naxxramas

  • Naxxramas foi escolhida para a primeira aventura de Hearthstone por ser uma Raide bem conhecida de World of Warcraft, em Wrath of the Lich King. Ele também foi escolhido por seu grande número de chefes, tornando-o adequado para adaptação como uma aventura.

  • A segunda versão da raide foi escolhida como base para a aventura. Isso ocorreu pois os jogadores estavam mais familiarizados com ela do que a versão original.

  • Cada ala da aventura foi lançada nas noites de terça-feira às 23h59 no principal fuso horário de cada região. De acordo com Zeriyah, o horário não “horário nobre” foi escolhido para reduzir o estresse do servidor.

  • A aventura estava em desenvolvimento há muitos meses. A partir de 24 de abril, com quase todas as cartas da aventura “fechadas antes do lançamento de Hearthstone, 11 de março”.

  • Antes da Maldição de Naxxramas, não havia Lacaios 3/4 no jogo. A aventura adicionou dois, Sectário Sombrio e Arauto do Caos.


Hearthstone atualmente

Nesse ano do dragão, estamos vendo as antigas expansões voltar a dominar o cenário. Vocês gostariam que Maldição de Naxxramas voltasse? E se ela trouxer ainda mais cards de Últimos Suspiros e mecânicas que seriam inovadoras ao jogo?

Ficaremos ligados e esperaremos o que a Blizzard vai trazer pra gente, nos vemos em breve!

Eu amo e defendo a classe de Sacerdote em qualquer jogo que eu pise, caso não vejo a luz, eu escolho ser um mago que sabe que inteligencia é poder, falando em poder, eu não temo ele mas sim aqueles que o possui. Jogo Hearthstone desde o beta mas ainda sim não peguei o famigerado rank Lenda. Metido a escritor de lores e fico fantasiando sobre qual será a próxima expansão sempre que a Blizzard anuncia a última.