#Hearthstone,  Café com Blizz,  Cards,  carta,  curiosidades,  Hearthstone,  Heroes of the storm,  histórias,  HS,  Lore,  personagens,  World of Warcraft

Por dentro do Card: Alta-inquisitora Cristalba

Alta Inquisidora Sally Cristalba em Heroes of the Storm

Quando Lordaeron sucumbiu ao Flagelo, poucos sofreram tanto quando os Cavaleiros do Punho de Prata. Após sua dissolução, muitos recuaram para um antigo monastério nas colinas de Tirisfal e fundaram a Cruzada Escarlate, jurando erradicar os mortos vivos e todos os aliados deles.

Sally Cristalba lidera a Cruzada na luta contra a ameaça da morte viva, expurgando a corrupção por onde passa.


Sally Cristalba era uma sacerdotisa da Luz e a Alta Inquisidora da Cruzada Escarlate. Ela dirigiu suas atividades de dentro da Catedral do Mosteiro Escarlate, até sua morte nas mãos de aventureiros e [Lilian Voss]. Durante a terceira invasão da Legião Ardente, Cristalba foi ressuscitada como um dos Quatro Cavaleiros da Lâmina de Ébano.

Antiga Eira dos Montes

Na cidade de Southshore, em Eira dos Montes, a pequena Sally Cristalba costumava jogar jogos de purificação de monstros e matar inimigos imaginários com seus amigos Renault e Pequeno Jimmy, os quais um dia cresceriam e se tornariam membros da Cruzada Escarlate.

Juventude 

Em sua juventude, Sally testemunhou sua família sucumbir à horrível praga da morte enquanto viajavam pelo norte de Lordaeron. Ela foi então forçada a destruir seus pais e irmãos quando eles se levantaram como lacaios sem mentes do Flagelo, deixando-a atormentada pela culpa e raiva. Desde aquele dia, a temível sacerdotisa encontrou satisfação e prazer em apenas uma coisa: a limpeza e a destruição dos mortos-vivos. 

O Monastério Escarlate já foi um orgulhoso bastião do sacerdócio de Lordaeron – um centro de aprendizado e esclarecimento. No entanto, com a ascensão do Flagelo dos Mortos-Vivos durante a Terceira Guerra, o pacífico Mosteiro foi convertido em uma fortaleza para a localização do culto da Cruzada Escarlate. Sob a liderança escarlate e o comando de Cristalba, os membros da Cruzada se tornaram ainda mais extremistas em sua batalha contra o Flagelo. Sua compreensão da realidade estava escorregando e, com o passar do tempo, Cristalba e seus seguidores não confiavam mais em ninguém que não fazia parte de sua própria Cruzada, considerando-os atormentados. Um grande número de homens e mulheres inocentes foram torturados e eventualmente mortos por causa disso.

Crematória

Sally apareceu ao lado de Renault Mograine como uma inquisidora Escarlate. Ela o informou que o Flagelo estava se preparando para atacar a cidade de Amparo. Julgando que os Forsaken não eram uma ameaça direta, Renault ordenou que ela liderasse um esquadrão para defender a cidade. Ela imediatamente pegou a estrada para as Terras Pestilentas Ocidentais. 

Enquanto Hearthglen estava caindo nas mãos do Flagelo, Sally chegou com os reforços e conseguiu matar o Flagelo atacante. Algum tempo depois, ela apareceu na cerimônia em que Taelan Fordring se tornou membro da Cruzada Escarlate.

No Mundo de Warcraft

Sabe-se que tanto Raleigh, o Devoto, em Hillsbrad Foothills, e Varimathras, na Cidade Baixa, estavam determinados a eliminar a liderança do Mosteiro Escarlate, embora por diferentes razões. O Senhor do Medo dos Forsaken queria acabar com a ameaça contínua da Cruzada Escarlate tão perto de sua capital, e os humanos em Southshore acreditavam que a única maneira pela qual a Cruzada Escarlate poderia ser trazida de volta ao seu propósito original era remover os líderes corruptos, incluindo a Cristalba. Embora com o tempo os outros líderes tenham sucumbido, Sally sobreviveu.

Depois do Cataclismo, Sally e Renault tornaram-se alvos de Joseph, um renegado da Cruzada Escarlate que desejava reformar a ordem, e também de Dark Ranger Velonara. Considerando o fato de que Mograine estava morto há muito tempo na época do Cataclismo, não se sabe se a missão foi considerada canônica ou se foi colocada ali apenas para mecânica de jogo.

Sally Cristalba sobreviveu ao primeiro ataque ao Mosteiro alguns anos atrás e voltou para liderar as forças internas, junto com seu novo companheiro Durand, que substituiu Renault Mograine como o Comandante Escarlate. A razão pela qual ela ainda estava viva era por causa de sua imensa capacidade de ressurreição. Com a totalidade da ex-liderança Escarlate falecida, estava implícito que Cristalba se tornou a líder da Cruzada Escarlate, e com a sua morte, eles também morreriam.

A única maneira de tornar a morte de Cristalba permanente era empurrá-la com dois artefatos, as lâminas do ungido. Essas espadas foram mantidas dentro do Mosteiro e foram recuperadas por Lilian Voss e pelos aventureiros. O pequeno grupo atravessou o Monastério e depois da batalha, Lillian apunhalou as lâminas em seu corpo, tornando-a incapaz de ressuscitar novamente.

A Legião Ardente

Cavaleiro da Morte – Thassarian

Ironicamente, Sally Cristalba foi trazida de volta como morto-vivo por Thassarian e o Senhor da Morte para servir como o terceiro membro dos novos Quatro Cavaleiros. Enquanto a morte a livrou de sua loucura, seu espírito forte permaneceu.

Após o fracasso da tentativa de recuperar o corpo do Lorde Tirion Fordring sob a Capela da Esperança da Luz no Santuário da Luz, o sacrifício de Darion não foi em vão. Sally disse que a Luz devastava seu corpo e também não havia nada que pudessem fazer para salvar Mograine.

Sally participou com seus colegas Cavaleiros, o Senhor da Morte, e Minerva Ravensorrow montado em Daumyr para combater os demônios em Broken Shore.

Curiosidades

– O traje distintivo de Cristalba e seu encontro com a chefe, fizeram dela uma figura conhecida entre os fãs, e o assunto recorrente de cosplay e fan art.

–  A roupa de Confessora Albamecha (Lendária da classe de Sacerdote em O Grande Torneio) parece bastante similar à de Cristalba, e seu nome também se refere ao cabelo.

– Em Os Cavaleiros do Trono de Gelo, Sally Cristalba aparece com um dos lacaios que Uther da Lâmina de Ébano geram.

Sally Cristalba é um personagem jogável em Heroes of The Storm, sendo uma curandeira de longo alcance.

Fonte: wowpedia


Sally Cristalba, a mulher que foi corrompida pela loucura de ver seus familiares e amigos sucumbir ao Flagelo e a praga da morte, fundadora da Cruzada Escarlate, morreu nas mãos de Lilian Voss e se tornou aquilo que ela jurou erradicar quando viva.

O que vocês acharam de sua historia? Acham que ela se arrependeu quando ressuscitada por Thassarian? O que acharam de sua carta em Hearthstone? 

“Não há maior ódio e desprezo neste mundo do que o que existe em meu coração. A Legião Ardente pagará por tudo que eles me tiraram. O dia do meu julgamento aguarda, mas o deles está próximo e eu serei a espada do carrasco. Eu não vou descansar até que todo demônio esteja morto, seus cadáveres pavimentando o chão que eu ando! Comande-me para a frente, Senhor da Morte, e vou chover o terror sobre os exércitos da Legião!”

Eu amo e defendo a classe de Sacerdote em qualquer jogo que eu pise. Jogo Hearthstone desde o beta, mas ainda sim peguei apenas uma vez o rank Lenda. Fico fantasiando sobre qual será a próxima expansão sempre que a Blizzard anuncia a última.