Hearthstone

TopDecks: Caçador Midrange (pós nerf)

Caçador passou por alguns maus bocados durante Un’Goro, mas parece que a maré de carta ruins má sorte passou e chegou a hora da classe brilhar. Logo nos primeiros dias após o nerf o Caçador passou a ser uma das classes com maior winrate, caiu um pouco alguns dias depois e atualmente está entre as melhores classes do Meta.

Isso se deve, em parte, tipo muito mesmo, absurdamente muito, ao nerf do [Machado de Guerra Abrasador] e aos decks agressivos, cof, cof, Pirate Warrior, terem ficado um pouco mais lentos.

Deck

Código
AAECAR8E8gXFCJG8AqbOAg2oArUD5QfrB5cI7Qn+DLm0Auq7Aq/CAuTCAo7DAtfNAgA=

Conceito

A ideia de qualquer deck Midrange é jogar algo todo turno, utilizando a mana da melhor maneira possível e tentar fazer um efeito snowball para vencer o jogo.

O deck tem respostas para praticamente tudo, como caranguejos comedores de piratas, silenciar e outras remoções. Busque ter sempre algo para jogar e tente prevenir as jogadas do adversário para tirar um valor melhor das suas cartas. 😉

Cartas de Destaque

[Rastreamento] – O foco é achar respostas ou dano para ganhar o jogo, portanto, nem pense em manter isso no mulligan ou usar no turno um, guarde pois você não sabe o que vai enfrentar pela frente no jogo – claro, se a coisa estiver realmente feia, use.

[Remendo, o Pirata] – Das melhores cartas do jogo, nosso amigo babão proporciona iniciativa de jogo e deixa seu baralho mais fino (e eficiente) quando evocado por um pirata na mesa.

[Rasgaqueixo Eletrizado] – Sabe aquela fera 8/8 chamada [Hidra Ondamara]? Pois é, imagina ela com Fúrias dos Ventos ou alguma maluquice do gênero? Qualquer fera que recebe adaptar tende a te dar uma bela vantagem para aquela hora do jogo – desde escudo divino para uma troca favorável até um buff de ataque.

[Rastejante de Golakka] – “Nesse meta tem piratas, onde canta o sabiá…” e onde tem piratas tem Golakkas! A carta é capaz de dar um belo fôlego contra decks que usam piratas, ganhar de volta o tempo da mesa e, melhor ainda, é uma fera.

[Disparo Mortal] – Ótima contra decks controle ou que não descem tantos lacaios. Também é boazinha contra decks mais Aggro e Midrange com vários lacaios – muitas vezes você precisa tentar isolar o alvo que você quer tirar do jogo.

[Tubarurso] – Meio “méh” logo que saiu a expansão, a carta se tornou fortíssima após os nerfs e combinada ao [Mestre de Matilha] ou [Rasgaqueixo Eletrizado] fica um lacaio (ou seria dois?) chatíssimo de responder.

[Mestre de Matilha] – É como se fosse um [Rasgaqueixo Eletrizado], mas que sempre dá Provocar e +2/+2 as feras que ele buffa – essa consistência é boa e te ajuda a planejar as jogadas para os próximos turnos. Não tenha medo de joga-lo, mesmo sem feras na mesa, o corpo dele não é tão ruim assim.
[Quebra-feitiço] – Excelente para passar por um provocar ou “desbuffar” um lacaio adversário – use ele com cuidado e sabedoria, muitas vezes ele é a chave para a vitória.

[Hidra Ondamara] – Como eu falei alí em cima, ela é um 8/8 por cinco manas e, ainda por cima, fera. Ou seja, a sinergia com [Rasgaqueixo Eletrizado], [Mestre de Matilha] e [Disparo Mortal] é grande! Áh, já falei que ela causa oito de dano quando bate?!

Por hoje é isso galera! Até a próxima!

“Bocejo” se apaixonou por Hearthstone em julho de 2014. De lá pra cá o relacionamento ficou sério, eles decidiram morar juntos e hoje vivem felizes para sempre. Já chegou ao lenda e fez 12 wins na arena diversas vezes. Costumava dizer que para “zerar" Hearthstone só faltava ganhar do Rase… mas agora que já ganhou, só resta mesmo sonhar com o mundial (do Rase, claro).