Hearthstone

Ladino Miracle – Guia K&C

Fala galera! Kobolds & Catacumbas chegou e com ele alguns novos arquétipos surgiram, outros arquétipos existentes ganharam novas cartas como foi o caso do Ladino Miracle. [Ruína dos Reis] e [Andarilho Fal’dorei] deram um belo apoio a esse arquétipo remodelado.

 

 

 

 

Agora, [Ruína dos Reis] ganha destaque devido sua habilidade de manter os buffs intactos além de voltar para o deck depois de usado. [Cata-brilhoso da Caverna] acelera a vinda da arma, trazendo enorme valor. [Menestrel Élfico] traze as cartas colocadas pelo [Andarilho Fal’dorei] por exemplo, ou um buff interessante para a arma.

O restante do deck, é conhecido de todos nós. [Leiloeiro de Geringontzan] é a estrela do deck, [Espinheira Mortífera] é a melhor remoção de alvo simples do jogo atualmente são fortíssimas. [Roubadachim] tem um valor considerável e [Edwin VanCleef] pode definir logo no início o rumo de uma partida.

CódigoAAECAaIHCLICzQPtBZG8ApvIAqnNAtvjArvvAgu0AcsDmwWIB6QHhgmStgL1uwKBwgLc0QLl0QIA 

 

 

 

 

Estratégia

O deck basicamente gira em torno do [Leiloeiro de Geringontzan] e agora também a [Ruína dos Reis] e seus buffs, afinal de contas é bem interessante trazer uma arma 5/2 com Roubar Vida por um de mana e matar seu oponente só usando a arma. [Cata-brilhoso da Caverna] traz a arma e a possibilidade de buffá-la.

O objetivo é controlar a mesa, portanto muito cuidado ao usar os lacaios, apesar de parecer com o antigo Miracle, a forma de jogar mudou um pouco, a forma de finalizar também. O principal defeito do deck é a vulnerabilidade para [Gosma Ácida do Pântano] e correlatos, um momento ruim de colocar a arma e um pouco de falta de visão de jogo pode acabar com toda estratégia.

Quanto ao mulligan, segue mais ou menos a linha do antigo Miracle, com [Roubadachim], [Punhalada pelas Costas] (são ótimos contra decks agressivos). Não manter a [Ruína dos Reis] é a decisão mais acertada, já que o Cata-brilhoso da Caverna] pode trazê-los. [Menestrel Élfico] é muito bom contra decks Controle, o mesmo pode ser dito do [Andarilho Fal’dorei] e em mirror, o [Leiloeiro de Geringontzan] é essencial. Contra decks Midrange, o [Aturdir] é uma grande arma de ganho de tempo, junto com o [Eviscerar].

Substituição de cartas

Nesse arquétipo alguns poucos slots são flexíveis. Os dois [Roubadachim] e o [Remendo, o Pirata] são exemplos, como também a segunda cópia da [Espinheira Mortífera], já que com o início do Meta a predominância ainda é de decks agressivos. Porém, eu particularmente, prefiro com duas cópias, já que o [Rastejante do Corredor] está aí em quase tudo que é deck.

[Agente da AVIN], [Valira, a Nefasta], [Sumir], uma segunda cópia de [Menestrel Élfico] e [Cápsula de Clonagem] podem ser opções consideráveis e provavelmente algumas dessas até entrem em definitivo, já que particularmente acredito que esse deck será bastante alterado a fim de se encaixar no novo Meta, o tempo dirá se o arquétipo será de fato competitivo ou não.

O cara que tende a ser trollado pelo RNG, mas tenta não reclamar disso. Gosta tanto de Hearthstone que não tem apenas um heroi preferido, têm todos.