#Hearthstone,  blizzard,  Café com Blizz,  Card Game,  Cards,  curiosidades,  expansão,  Hearthstone,  Heroes of the storm,  histórias,  HS,  Lore,  missões,  personalidades,  Salvadores de Uldum,  World of Warcraft

Por dentro do Card: O que é o Templo Celeste?

Não é de hoje que a Blizzard interliga seus jogos de maneiras divertidas e criativas. Nessa expansão não seria diferente, ela trás o card da missão de Mago, Invasão do Templo Celeste, e nos leva a um novo lugar, que é um mapa do jogo Heroes of The Storm.

Flutuando sobre as vastas areias do deserto de Luxoria, o Templo Celeste serve como um centro de adoração para o deus da cobra, Ka. Ele armazena seu grande poder dentro dos templos, cada um deles garantido pelos guardiões. Com tais defesas, nenhum guerreiro pensaria em tomar o poder do deus para si … ou pensaria?

Templo Celeste é um mapa com três lanes e três locais em que ocorrem as mecânicas. A maioria dessas coisas está bem próxima, perto do centro, com exceção de dois Templos nos extremos superior e inferior. O mapa é de tamanho descomunal. Aqui podemos achar o Templo das Cobras, Templo dos Crocodilos e o Templo dos Jackais.

  

Vilania

Ok, então nós temos muita areia, umas estátuas de faraós, nossos lacaios vestidos pro carnaval. O que é que falta? Um Deus malvado narrando os acontecimentos, é lógico. Mas não qualquer Deus, um Deus Cobra, o Ka. E como em todos os outros mapas, o dono da voz suprema, que vem de cima, deixou um presente para animar as coisas no Nexus. O local conta com três obeliscos; um no norte, outro no centro, e o último ao sul. Ka, o Rei Serpente, é o governante de Luxoria e deus do sol.

O Rei Serpente – Ka

O Templo Celeste serve como um centro de adoração para o deus cobra. Ka não está feliz que seu reino tenha se tornado um campo de batalha para o conflito de outra pessoa, uma posição que ele deixa claro várias vezes. Ele armazena periodicamente parte de seu poder nos três templos. Quando os templos são ativados, os heróis podem capturá-los para liberar um feixe poderoso nas estruturas de seus inimigos; eles têm que não apenas defender os templos dos heróis inimigos, mas também lutar contra os guardiões do templo tentando expulsá-los por ordens de Ka.

 

Cada um dos Templos é referência a um Deus Egípcio de verdade, como o Deus Anubis ou o Deus Sobek.

Deus Anubis
Deus Sobek

 

Easter-Egg

No mapa também temos um easter-egg muito legal. Podemos encontrar o aventureiro Harrison Jones, ao quebrar a tampa próxima a um chefe. Isso poderia ser uma pista que teremos um novo card desse lendário explorador em Salvadores de Uldum? Só aguardando para saber que mais segredos a Blizzard irá trazer com essa nova expansão e a aproximação com World of Warcraft e seus outros jogos. 

Eu amo e defendo a classe de Sacerdote em qualquer jogo que eu pise. Jogo Hearthstone desde o beta, mas ainda sim peguei apenas uma vez o rank Lenda. Fico fantasiando sobre qual será a próxima expansão sempre que a Blizzard anuncia a última.