Hearthstone

TopDecks: Sacerdote Big

O Sacerdote Big foi um dos arquétipos que estrearam junto com o lançamento da expansão ‘Cavaleiros do Trono de Gelo’. Inicialmente teve seu conceito tornado popular pelos jogadores Ostkaka e Frozen. As cartas da nova expansão deram mais possibilidades à classe. Este é um deck divertido e causa extremo furor no oponente dadas suas mecânicas de ressuscitar.

Deck

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Código

AAECAa0GCpcCogmlCdYKqKsChbgCt7sCmcgCws4CkNMCCtMK1wqhrAK1uwLovwLqvwLRwQLlzALmzAK0zgIA

Conceito

O conceito principal do deck é: Abuse de [Barnes] e de seus lacaios gigantes. Outro abuso que você pode cometer é no uso da [Essência Sombria],  aproveite também da sinergia da [Servidão Eterna] com o deck. Utilize ferramentas para o controle da mesa, quando necessário, com os lacaios de difícil remoção, ou com feitiços de remoção em área e/ou até o [Anduin, o Ceifador Sombrio] caso as coisas fiquem complicadas. Esse deck deveria ser chamado de Ressuscitar, de tanto que traz de volta os lacaios.

Cartas de destaque

[Barnes] – É o principal motivo da magia acontecer. Dependendo do oponente, pegar [Y’Shaarj, Raiva Incontida], [Estátua de Obsidiana] e [O Lich Rei], é primordial para a definição das partidas. [Barnes] no turno três com [A Moeda], ou no turno quatro, é determinante para o deck extrair toda sua força.

[Y’Shaarj, Raiva Incontida] – Companheiro inseparável de [Barnes]. Esta carta tem um potencial absurdo, por trazer lacaios do deck e ser de difícil remoção devido seu corpo imponente.

[Servidão Eterna] – Carta primordial no arquétipo, podendo e devendo permanecer na mão, caso [Barnes] já esteja em seu poder, um 8/8 por exemplo, no turno cinco é uma jogada de muito respeito.

[Essência Sombria] – Turno seis, salvo exceções, é dela, mesmo sem o [Barnes] no turno certo, é uma excelente jogada, para vir com [Servidão Eterna] no turno seguinte. Agora cuidado com o RNG, nada impede vir um [Barnes] 5/5 e tirar toda a força da carta.

[Estátua de Obsidiana] – O terror dos decks agressivos é sempre uma ótima opção para escolha no [Servidão Eterna].

[Ysera] – Assim como [O Lich Rei], opções melhores em uma partida contra Controle devido seu valor gerado, principalmente na mirror, pode decidir cedo a partida dada sua dificuldade na remoção.

Techs e reposições

O arquétipo possui poucos slots flexíveis, na lista considerada padrão, temos [Dissipação em Massa], [Silêncio] e [Punição Sagrada]. Cartas como [Criação Proibida], [Roubo de Pensamentos] e até [Controle Mental], essa última em partidas contra decks Controle, podem ser usadas.

[Anduin, o Ceifador Sombrio] melhora consideravelmente o deck, devido a possibilidade de remover lacaios grandes do adversário e ser uma condição de vitória secundária pelo seu poder heroico, que se torna mais interessante contra Mago e seu [Bloco de Gelo], porém não é primordial.

Quanto as reposições de lacaios, o [Y’Shaarj, Raiva Incontida], [O Lich Rei], [Ysera] e [Estátua de Obsidiana] sem dúvidas são as melhores escolhas, mas caso não as tenha, [Medivh, o Guardião], [Malygos] e [Arfus] podem ser opções que não tem a mesma força, mas que possibilita uma jogabilidade digna.

Ainda há a opção de incluir o [Profeta Velen] no lugar do [O Lich Rei], mas para isso, algumas mudanças a mais deverão ser feitas, como a inclusão de [Impacto Mental] com a segunda cópia da [Punição Sagrada] visando um combo poderoso.

Voltamos em breve com mais material sobre outros decks que estão rolando na ladder!

O cara que tende a ser trollado pelo RNG, mas tenta não reclamar disso. Gosta tanto de Hearthstone que não tem apenas um heroi preferido, têm todos.

O cara que tende a ser trollado pelo RNG, mas tenta não reclamar disso. Gosta tanto de Hearthstone que não tem apenas um heroi preferido, têm todos.