Hearthstone

TopDecks: Dragãostone (Edição especial)

Dragões são alguns dos personagens mais icônicos do mundo da fantasia e, claro, do Hearthstone. No HS os mais famosos são gigantes, mas existem os menores também e vários deles fazem estragos consideráveis.

Hoje vamos falar um pouco sobre três decks que usam dragões como “ponto de partida” e definição de arquétipo: Paladino Dragão, Mago Dragão e Sacerdote Dragão.

Paladino Dragão

Deck

Código
AAECAaToAgz0Bc8G+gaiCdmuAp+wArmyArPBArnBAojHAsrLAo7TAgncA+EE/gePCbW0AoK1AsnHAsfLAuPLAgA=

Conceito

A ideia do deck é tomar o controle da mesa já no início do jogo. Se aproveite que a [Dragoleta] não pode ser alvo de feitiços, isso a torna INSANA no início de jogo contra decks controle. Se possível, usar o [Protetor Argênteo] para torná-la ainda mais complicada de resolver. A partir disso é manter o controle da mesa e buscar a vitória. O deck tem algumas ferramentas para voltar ao jogo, como [Consagração] e [Salvassol Tarim] – além dos [Draco Primordial] que também ajudam a ganhar um bom tempo e do [Uther da Lâmina de Ébano] que ganha uma tonelada de vida de volta.

Ele ficou muito bom contra Ladino Tempo e Sacerdote, mas Druida Jade pode ser um problema.

Cartas de Destaque

[Dragoleta] – É das melhores cartas para o seu início do jogo, é chata de resolver e capaz de trocar com diversos lacaios.

[Protetor Argênteo] – Torna suas trocas mais favoráveis, fazendo com que o oponente tenha que gastar mais recursos que você.

[Templária Nocturna] – Três lacaios de uma vez só. É ótimo para lidar com decks com vários lacaios em campo e melhorar suas trocas e [Consagração].

[O Curador] – Comprar cartaz é sempre bom, além de ser um provocar e ter quatro de ataque.

[Draco Primordial] – Ótimo para limpar mesas cheias de lacaios menores e proteger de um ou outro lacaio maior.

[Uther da Lâmina de Ébano] – Cura e dano, aliado a mais uma condição de vitória caso seu oponente não lide com seus cavaleiros.

[Asa da Morte, Lorde-Dragão] – Um 12/12 pra assustar o adversário e trazer a mesa vários dos seus dragões – depois de uma das animações mais bacanas do jogo. \o/

Mago Dragão

Deck

Código
AAECAf0ECsUE7QTsB+m6AsrBApbHAsnHAqDOApvTAvLTAgpNigHAAckDqwTLBOEElgXBwQKYxAIA

Conceito

O deck funciona muito como um Mago Controle. A ideia é acabar com os recursos do oponente e vencer o jogo através da [Jaina, a Lich do Gelo], [Pyros] e [Sindragosa] e seus lacaios lendários.

Cartas de Destaque

[Dragoleta] –  Boa no seu início do jogo, chata de resolver e pode ser chata no final do jogo também.

[Pyros] – “Parecia inofensiva, mas me dominou”. É o que sentimos depois de jogar essa carta 6/6 ou 10/10. Além de “gerar mais recursos” para o deck é capaz de ganhar o jogo se não for resolvida.

[Glifo Primordial] – Ótimo para achar respostas que não temos, como: “qual o sentido da vida”, “como é possível alguém não gostar de Guns n’ Roses?” e, claro, “como se livrar daquele lacaio gigante?”.

[Sindragosa] – A ideia principal desse deck era usar a [Sindragosa] e, caro leitor, que estrago ela faz! Depois de jogar a [Jaina, a Lich do Gelo], então, que você pode dar o ping em um dos Campeões Congelados…

[Alexstrasza] – Ótima para recuperar vida. Além disso, pode facilitar você matar o oponente – além de ser um 8/8.

[Jaina, a Lich do Gelo] – É capaz de virar jogos de maneira absurda e é essencial para a lista.

Sacerdote Dragão (Mitsuhide)

Sacerdote Dragão é um deck que foi muito popular antes da meta atual, quanto tínhamos todos aqueles dragões e sinergias das cartas de Montanha da Rocha Negra. Muitos acharam que era o fim do deck, mas de vez em quando surge uma lista nova de Sacerdote baseada nessa sinergia.

O poder do [Agente Draconídeo] não pode ser negado, não tem jeito. Mas dessa vez o a ideia do deck é um pouco diferente do que encher a mesa de dragões e ganhar o jogo.

Mitsuhide postou o deck há alguns dias:

“Indo pra rank 1 lenda mais tarde na live.”

Pegando carona no sucesso do deck, um dos gostaram da lista foi Asmodai:

“Jogando o Sacerdote do Mitsuhide hoje, talvez um pouco de ladino pra variar”

Deck

Código
AAECAZ/HAgTTCpK0ArW7Ar7IAg34AuUEjQjRCvIMgrUCursC8LsC6r8C0cEC2MECysMCyssCAA==

Conceito

A ideia agora é controlar a mesa no começo, com auxílio de cartas como [Poção da Loucura] e [Rastejante de Piche]. Depois disso, usar o combo mais famoso e antigo de Sacerdote: [Espírito Divino] + [Fogo Interior] e finalizar o oponente. O deck ainda tem vários dragões capazes de ganhar o jogo com presença de mesa e, a melhor parte, eles não morrem para [Poção do Fogo de Dragão].

Cartas de Destaque

[Fogo Interior] – Existem várias certezas na vida, uma delas é que depois do [Espírito Divino], vem o [Fogo Interior] e ai, meu amigo… é GG.

[Poção da Loucura] – Ótima contra decks que buscam dominar a mesa no início do jogo.

[Elemental Radiante] – Deixa seus feitiços mais baratos e pode ser essencial para usar vários deles num turno com [Lyra, o Prisma Solar] ou achar o letal através das [Visões Sombrias] do deck.

[Espírito Divino] – Ótima carta para fazer trocas favoráveis, mas também excelente para finalizar o oponente juntamente [Fogo Interior].

[Historiadora Eteródio] – Um pouco de combustível para o deck. Ótima para encontrar mais dragões como [Draco do Crepúsculo] ou [Agente Draconídeo], ou outros dragões que possam ser relevantes para o seu jogo.

[Visões Sombrias] – Além de buscar suas respostas para o estado da mesa, como [Palavra Sombria: Morte] e [Poção do Fogo de Dragão], pode achar os pedaços que faltam para o seu combo (ou até deixar ele mais forte).

[Sacerdote da Garra do Kabal] – Ajuda nos seus buffs e trocas e é uma presença de mesa boa no início do jogo.

[Draco do Crepúsculo] – Um dragão chatíssimo de resolver. É ótimo contra várias classes por poder fazer muitas trocas e um dos alvos mais fáceis para finalizar o jogo com o combo [Espírito Divino] + [Fogo Interior].

[Agente Draconídeo] – Ótimo para encontrar respostas ou ameaças ao plano de jogo do oponente. O famoso “vou fazer seu deck jogar contra você”.

[Poção do Fogo de Dragão] – Remoção em massa é sempre bom, ainda mais quando boa parte dos seus lacaios é imune a ela.

O deck é meio complicado de pegar o jeito, mas pode ‘snowballzar’ com facilidade. Uma das grandes vantagens é que ele não conta com muitas lendárias.

Por hoje é isso! Bom jogo em companhia de seu deck ‘draconídeo’ favorito!

“Bocejo” se apaixonou por Hearthstone em julho de 2014. De lá pra cá o relacionamento ficou sério, eles decidiram morar juntos e hoje vivem felizes para sempre. Já chegou ao lenda e fez 12 wins na arena diversas vezes. Costumava dizer que para “zerar" Hearthstone só faltava ganhar do Rase… mas agora que já ganhou, só resta mesmo sonhar com o mundial (do Rase, claro).