Hearthstone

TopDecks: Bruxo Controle do Sjow

Depois de ficar muito tempo a margem da sociedade ‘Hearthstoniana’, o Bruxo volta aos poucos ao meta. Vários decks tem surgido e a classe voltou a ser usada em torneios.

Antes dos nerfs era quase uma utopia jogar com a classe, mas agora ela está se tornando cada vez mais otimizada para a meta e já consegue brigar bem por um lugar ao sol.

Um dos players mais reconhecidos no HS, Sjow, está com uma winrate insana com ele, rumo ao top 100 nessa madrugada.

“As vezes sortudo.”

Sjow já está usando o deck com sucesso há alguns dias:

“Boa live hoje! De ~2700 até 500 com esse Bruxo.
28 vitórias e 11 derrotas, 71,8% de winrate.”

Deck

Código

AAECAf0GBO0F8gWgzgKX0wINMLYHjQjECMwI8wzdvAKbwgLexALnywKizQL3zQKfzgIA

Conceito

O deck é controle, mas pode ter alguns inícios explosivos, com um ou dois [Carniçal Feliz] por zero mana logo no início do jogo.

Além disso, ele é capaz de destroçar o início forte de decks agressivos com suas duas cópias de [Profanar].

A ideia do deck é controlar a mesa e ir jogando demônios até que você jogue [Gul’dan, o Furtassangue] e ganhe o jogo por não ter como perder. O poder heroico do DK é absurdamente forte, ainda mais se você tem o controle da mesa.

Cartas de Destaque

[Mestre das Misturas] – Além de servir para cura, a carta é boa para trocas no início do jogo e ajuda na hora de jogar [Carniçal Feliz] com custo zero.

[Profanar] – Uma remoção em massa que depende de habilidade para deixar a mesa no ponto certo para ser usada. Capaz de ganhar jogos “sozinha”.

[Carniçal Feliz] – Com as várias cartas de cura do deck, fica até que fácil jogar o [Carniçal Feliz] por custo zero, o que pode fazer uma bela diferença na sua presença de mesa.

[Senhor do Medo Sórdido] – Outra carta fortíssima contra decks agressivos, ajuda a virar a mesa de maneiras absurdas. Quem já perdeu um jogo ganho (:P) por causa dela sabe do que eu estou falando.

[Geist Esquivo] – Existem duas maneiras desse deck ganhar de Druida Jade, a internet do oponente cair ou você jogar [Geist Esquivo] e conseguir ficar vivo. Como o deck está menos presente no jogo pós nerfs, o sucesso fica mais fácil.

[Sifão da Alma] – Ótimo para lidar com lacaios grandes no seu caminho, curar e, novamente, deixar [Carniçal Feliz] a custo baixo.

[Gul’dan, o Furtassangue] – O motivo do deck ser forte e capaz de ganhar. Além de summonar todos os demônios que morreram no jogo, o poder heroico do Gul’dan é INSANO! Quando você chega a ele com um mínimo de controle é quase impossível você perder o jogo.

Por hoje é isso. Um abraço e até a próxima!

“Bocejo” se apaixonou por Hearthstone em julho de 2014. De lá pra cá o relacionamento ficou sério, eles decidiram morar juntos e hoje vivem felizes para sempre. Já chegou ao lenda e fez 12 wins na arena diversas vezes. Costumava dizer que para “zerar" Hearthstone só faltava ganhar do Rase… mas agora que já ganhou, só resta mesmo sonhar com o mundial (do Rase, claro).