Hearthstone

Cartas de Bruxo que deixaram saudades no modo padrão

Hoje é dia de falarmos das cartas de Bruxo que deram adeus ao modo Padrão. É muito interessante analisar o que foi rotacionado, e lembrar de decks que rodaram logo quando a carta saiu, mas que acabaram sumindo com o tempo, como coisas novas sendo usadas na ladder. Vamos às lembranças!

[Diabrete de Malquezaar] – Esse Diabretinho ajudou a montar um deck de Descarte bem interessante que rodou por um tempo. Seu valor 1/3 por um de mana também não é nada mal!

[Aldeão Possuído] – Eita que esse pobrezinho morreu muitas vezes em Hearthstone. 1/1 não é lá tão bom, mas por ele ter último suspiro evocando outro lacaio, ele se tornou excelente. Viu muito jogo logo que foi lançado.

[Conselheiro da Vila Sombria] – Cartinha forte demais. Se não remover esse cara logo, é ele mesmo que vai te dar o lethal. Muito usado em arquétipo Zoo.

[Impositor Abissal] – Três de dano em área? Claroooo, por favor! Muitos dos decks com [Reno Jackson] levavam esse demônio em sua composição.

[Golem da Prataria] – Este golem também entrou pro arquétipo de Descarte, que não durou um tempo tão longo, mas foi muito usado. É o clássico 3/3 por três de mana.

Escolho Druida em qualquer jogo, sem pensar duas vezes. Sou jornalista de formação e de coração, e descobri aqui, neste Mundo de Eluna, meu cantinho para desenvolver textos gamers e com outros assuntos que gosto. Peguei ranque legend em HS, já fiz 12 wins na arena, e continuo procurando raides no WOW quando dá tempo.