#Hearthstone,  #oldgods,  blizzard,  Café com Blizz,  Card Game,  Cards,  carta,  Delírios em Negraluna,  Hearthstone,  histórias,  HS,  personagens,  World of Warcraft,  wow

Por dentro da Lore: Y’shaarj, o Deus de sete Cabeças

Y’Shaarj foi o mais poderoso e perverso dos Deuses Antigos, trouxe horrores sobrenaturais que ameaçaram o mundo de Azeroth há milênios. Ele foi o único dos quatro Deuses Antigos a ser morto pelos titãs, e seu coração foi aprisionado em um cofre sob o Vale das Flores Eternas.

O coração foi encontrado e restaurado por Garrosh Grito Infernal, que então o transportou para o Subterrâneo de Orgrimmar. Este foi usado por Garrosh para aumentar seu poder durante a batalha final do Cerco de Orgrimmar. Quando Garrosh foi derrotado, o coração e seu poder se dissiparam, não deixando nada da influência corruptora de Y’Shaarj.

Sha

Y’Shaarj também era conhecido como “O de sete cabeças” ou “a besta de sete cabeças”, e diz-se que inspirou coragem e respirou medo. Quando morreu, seu último e terrível hálito se manifestou como os sete primeiros Sha – Raiva, Ódio, Violência, Medo, Dúvida, Desespero e Orgulho.

Ele é fervorosamente adorado pelos mantídeos, uma raça de insetóides violentos e expansionistas que habitam as terras a oeste da parede da Espinha da Serpente. Ele foi o mais poderoso dos quatro Deuses Antigos a chegar em Azeroth, vindo da Grande Escuridão Além, e o maior bastião do Império Negro foi construído em torno de seu corpo gigantesco. 

Aman’Thul

Quando os titãs divinos chegaram para moldar e ordenar Azeroth, eles criaram o titã forjado para lutar contra os Deuses Antigos e seus servos elementais escravos. Embora os forjados por titãs tivessem sucesso em derrotar e aprisionar os Senhores Elementais, os titãs perceberam que Y’Shaarj seria um desafio muito grande para eles. Conforme o forjado pelos titans se aproximava da cidade-templo que ficava no coração do Império Negro, Y’Shaarj distorceu seus pensamentos e extraiu suas emoções mais sombrias. Assim, Aman’Thul, o próprio Sumo Pai, desceu pelos céus de Azeroth e ergueu o Deus Antigo da superfície do mundo. Naquele momento, a grande massa do Antigo Escolhido foi destruída, e seu estertor mortal fez com que montanhas inteiras se espatifassem e centenas de forjados de titã fossem instantaneamente destruídos onde estavam. 

Aman’Thul inadvertidamente rasgou uma ferida na superfície de Azeroth, e o sangue vital da alma do mundo fluiu para a superfície. Foi então que o Panteão percebeu que os Deuses Antigos tinham se entrincheirado muito fundo para extirpar sem destruir Azeroth, e em vez disso eles resolveram aprisionar os três Deuses restantes ao invés de matá-los completamente. 

Guardião Rá

Quando o forjado pelos titans conhecido como Guardião Rá fez seu caminho para estabelecer a fortaleza de Uldum, no sudoeste de Azeroth, ele encontrou os restos de Y’Shaarj, a maior parte intacta do qual era seu coração retorcido.

Rá resolveu selar o coração em um cofre subterrâneo abaixo do Vale das Flores Eternas, na esperança de que estudá-lo ajudaria o forjado por titã a obter uma melhor compreensão dos Deuses Antigos e do Vazio. Rá então encarregou alguns de seus seguidores mogus para vigiar o cofre e as terras ao redor, antes de continuar para o oeste. 

Após a guerra entre os aqir e os trolls, muitos anos após a morte de Y’Shaarj, uma colônia de aqir se reuniu nas áreas ao sul de Azeroth. Embora não soubessem, foram atraídos pela presença prolongada do Antigo e logo foram deformados em uma nova raça, conhecida como mantídeos. Os mantídeos continuaram a adorar seus mestres do Deus Antigo por milênios. Mais tarde ainda, a presença persistente de Y’Shaarj também começou a dar origem aos Sha: Espíritos malévolos que se alimentavam de emoções negativas. 

Surge Garrosh

Sob o comando de Garrosh Grito Infernal, os engenheiros goblins iniciaram escavações no Vale das Flores Eternas para encontrar um artefato misterioso, mas encontraram mais do que esperavam. Com a equipe de mineração aterrorizada por um poder ancestral nas profundezas, aventureiros foram chamados para recuperar o que restou da escavação. Depois de limpar a mina cheia de Sangue de Y’Shaarj, os aventureiros explodiram em uma sala subterrânea com um Eco de Y’Shaarj. Dentro do Vault de Y’Shaarj foi encontrado um baú, suspenso por correntes, que continha o Coração de Y’Shaarj. 

Garrosh mais tarde restaurou totalmente o coração usando as piscinas de Pandaria. Felizmente, todo o Deus não ressuscitou. O coração foi levado para Orgrimmar e colocado no Underhold, a nova sede de poder de Garrosh.

Após a derrota de Garrosh, o Coração sofreu uma falha e a Respiração, permaneceu brevemente no chão do Underhold, então desapareceu da existência, acabando com a vida, influência e corrupção de Y’Shaarj. Com cada Sha e seu coração mortos, nada resta de seu poder.


Eu amo e defendo a classe de Sacerdote em qualquer jogo que eu pise. Jogo Hearthstone desde o beta, mas ainda sim peguei apenas uma vez o rank Lenda. Fico fantasiando sobre qual será a próxima expansão sempre que a Blizzard anuncia a última.