#Hearthstone

Entrevista sobre os Campos de Batalha de Hearthstone

Esta semana tivemos uma entrevista super legal com Conor Kov e Cora Georgiou, integrantes da equipe de design de Campos de Batalha de Hearthstone. O foco da conversa são as mudanças no modo de jogo, os impactos que eles perceberam depois desta mudança e as programações para o jogo (as que eles já podem revelar né!). Falamos também do Livro dos Heróis, que está super próximo de lançar sua segunda edição com o grande Rexxar contando sua história e sua skin nova disponível na loja a partir do dia 13 de outubro!

Livro dos Heróis

A ideia do livro é contar as histórias de cada herói principal (pelo menos só eles por enquanto) de forma divertida e que todos os jogadores possam participar. “Queremos introduzir novos jogadores ao jogo, e garantir que eles possam explorar várias partes do jogo e ter diferentes experiências, muita coisa sempre está acontecendo em Hearthstone”, disse Conor.

Por isso a jogabilidade deste modo é suave, não muito difícil, para que jogadores novos que não conheçam tão bem o jogo também possam passar pelas fases e se divertir. “Esperamos lançar um herói por mês, e até mesmo o Illidan, que já teve sua história, vai ganhar uma página no livro”, disse Cora.

Segundo Cora os jogadores tem mostrado aprovação pelo modo e que ele é um desafio para a equipe criar. “Queremos contar as histórias em um card game, essa transição é difícil, mas tem sido muito divertido”, afirmou ela.

Campos de Batalha

Sobre os Campos de Batalha Conor afirmou que eles passam muito tempo descobrindo como e o que fazer, o que se encaixa no modo e nas mecânicas que já existem, e buscam uma maneira de juntar os poderes heroicos com os lacaios disponíveis, para que tudo funcione e flua bem.  “É sempre um desafio criar novos lacaios com base nos já conhecidos personagens de World of Warcraft”, afirmou ele.

“A diversão do modo vem do balanceamento”, disse Cora. Acertar as peças desses quebra-cabeça é o trabalho da equipe, e além disso, fazer com que tudo se torne divertido. Segundo Conor é difícil manter tudo balanceado e justo, mas mantemos tudo no lugar e novo, e quando algo se torna muito bom, é porque está muito consistente”.

O planejamento é que os ranks sejam resetados a cada quatro meses, inicialmente, com os updates. Mas a equipe ainda avalia como será esse reset, pois a prioridade é sempre deixar justo e divertido. Além disso, disseram que mesmo não podendo dizer o que vem por aí, eles estão trabalhando bastante e que coisas muito boas vem no futuro!!!

Campeonatos de Campos de Batalha

Com as mudanças no lobbie dos Campos de Batalha, os jogadores querem saber se podem esperar um modo competitivo desse modo tão divertido do jogo. Principalmente por agora isso ser possível bem mais facilmente com a abertura para se jogar em time fechado. Porém, eles ainda não tem nenhuma previsão para isso, infelizmente, mas ambos disseram que gostariam muito que seja possível no futuro.

Balanceamentos

Outra questão levantada foi sobre os balanceamentos, se eles estão pretendendo mudar algo recentemente nos cards ou heróis. Eles afirmaram que estão observando as mudanças e implementações que fizeram no último patch, e que, por enquanto, ainda não tem nada para modificar.

Novas falas para as novas skins

Uma discussão calorosa veio aos jogadores quando o Livro dos Heróis foi lançados: Nova aparência eeee, cadê as novas linhas de texto dos emotes?

Bom, Cora afirmou que eles ouviram a comunidade e que vão mesmo inserir isso nas skins novas que saíram. Porém ainda não sabem quando, por conta dessa coisa da pandemia.

Lembrando que a skin do Cavaleiro Uther está a venda na loja, junto com 25 pacotes, por R$42, até dia 12 de outubro!

Escolho Druida em qualquer jogo, sem pensar duas vezes. Sou jornalista de formação e de coração, e descobri aqui, neste Mundo de Eluna, meu cantinho para desenvolver textos gamers e com outros assuntos que gosto. Peguei ranque legend em HS, já fiz 12 wins na arena, e continuo procurando raides no WOW quando dá tempo.