Hearthstone

Boletim do Meta 12 – Bye bye BlizzCon

Fala galera, bem vindos a mais um Boletim do Meta.

O Boletim do Meta desta semana tem base nos dados de 53 mil partidas, de acordo com os dados do site Vicious Syndicate. Das 53 mil partidas analisadas, 36 mil são do rank Lenda ao rank 10.

Finalmente, finalmente temos uma luz no fim do túnel. O aumento de Xamãs Midrange felizmente freou. Sabemos que é o arquétipo mais poderoso do Meta atualmente e a comunidade resolveu procurar formas de contornar o Xamã em seu poder individual. Ainda bem que essa decisão foi tomada, de outra forma, só veríamos Thralls e Morgls.

Caçador se estabelece como a segunda classe mais jogada no jogo, os arquétipos baseados em Segredos então crescendo, sendo o Face o único que pode trocar tapas com o Xamã e sair inteiro.

Bruxo surge como uma solução decente no Meta com o Zoo. É possível que o sumiço do Zoo tenha se dado por causa do Xamã Midrange e do Guerreiro, mas há de salientar que no prisma de oponentes da ranqueada o Zoo ganha mais do que perde.

Mago Tempo continua em alta, e o Guerreiro, apesar de não perder sua posição, está caindo levemente na ranqueada. O Druida também não teve muitas mudanças significativa nas listas desta semana.

Ladinos parecem estar mostrando certo poder de fogo, e Paladinos/Sacerdotes estão em seus lugares, sentados no fundão do ônibus deste meta.

Veja abaixo o Mulligans e Decks para cada classe!

E não se esqueça, amanhã sai a nossa Tier List da semana.

CLASSE Druida CLASSE Cacador CLASSE Mago

CLASSE Paladin0 CLASSE Sacerdote CLASSE Ladino

CLASSE Xama CLASSE Bruxo CLASSE Guerreiro

O cara que tende a ser trollado pelo RNG, mas tenta não reclamar disso. Gosta tanto de Hearthstone que não tem apenas um heroi preferido, têm todos.