Hearthstone

Análise MdE das cartas de “Jornada a Un’Goro”

Fala galera! Analisamos as cartinhas de “Jornada a Un’Goro”. Pensamos nas possibilidades e no que deve ou não ver jogo. Confiram e deem a opinião de vocês! Aproveitem e participem do nosso Jogo do Palpite, os envios dos emails podem ser feitos até antes do lançamento de Jornada a Un’Goro.

Druida

Neil – O custo e o efeito são muito bons, entra em um Druida Fera pela sinergia com a [Carcereira do Viveiro] e possivelmente pode entrar no arquétipo com a quest do Druida, tanto para ajudar na ativação, como a vir a custo zero.

Sá – Custo benefício muito bom, ainda mais com as ferramentas para acelerar o ganho de mana que o druida tem. Além disso, é uma fera, tendo sinergia com a [Carcereira do Viveiro].

Neil – Essa carta definirá um dos arquétipos da classe, acredito que verá muito jogo com os ramps que o Druida tem, finalmente trará [Visões Lunares] para o Meta.

Sá – Esse sistema das missões lendárias parece que vai trazer mudanças agradáveis ao jogo. O fato da missão pedir lacaios mais robustos, com custo 5 ou mais, combina perfeitamente com a classe.

Neil – Inicialmente eu não acredito que essa carta rode, devido as remoções em área da grande maioria das classes, se rodar, trará [Rugido Selvagem] na tentativa de ressuscitar o Druida Combo.

Sá – Achei uma carta curiosa, mas não sei se existe um espaço pra ela. A não ser que encontrem algum tipo de combo para ela.

Neil – Ótimo efeito com um corpo muito ruim, trará [Marca da Natureza] consigo e ajudará bastante na quest caso tenha espaço.

Sá – Lacaio 5/3 por 7 de mana, mesmo com esse efeito não parece uma boa carta.

Neil – É uma carta flexível em qualquer arquétipo da classe, pode vir em conjunto com a carta anterior, caso ela fique viva ou em conjunto com o [Avivar]. Acredito que uma cópia veja jogo.

Sá – Apesar de uma carta dessas com custo quatro parecer um pouco cara, eu acredito que pode ver jogo. Essa mecânica de adaptar, em vários lacaios, pode ser a diferença que falta para vencer a partida.

Neil – Boa carta no Druida Fera e em algo parecido no Token, pode vir antes da [Carcereira do Viveiro], além de ser uma forma barata de ganhar uma sobrevida.

Sá – Algum arquétipo de Druida Token pode usar essa carta com muita efetividade.

Neil – É uma carta bem flexível, com sinergia com o [Fandral Guenelmo] e que acredito que tenha espaço em alguns arquétipos.

Sá – Carta com custo benefício muito bom. Tem sinergia com o [Fandral Guenelmo], e pode ser outra boa opção para os decks token.

Neil – Tem uma boa chance de aparecer no Druida Fera em substituição ao [Combatente Selvagem].

Sá – O Pescomprido tem a vantagem de ser uma fera. O fato de ser uma 5/4 por cinco de mana não parece tão bom, mas com o grito de guerra Adapte-se pode ficar ótimo.

Neil – Aparecerá duas cópias no arquétipo da quest, a opção de +3 de HP tende a ser a melhor escolha, talvez a [Marca do Indomado] pode ser de grande ajuda.

Sá – O corpo da carta não é tão bom, por ter a vida muito baixa, mas se esse Adapte-se for o que dá mais três de vida, é um lacaio muito forte. Além de ser uma fera.

Neil – Mais uma carta que aparece no arquétipo da quest, é a mais arriscada por envolver aleatoriedade, mas tem boas cartas com 5 ou mais de ataque para vir.

Sá – Essa carta fofinha parece muito boa em conjunto com a missão lendária. Afinal de contas, todo deck precisa de cartas de custo mais baixo para começar o jogo!

Caçador

Neil – É uma carta interessante, porém o veneno do adaptar pode fazer com que ela não funcione, não sei ao certo.

Sá – Apesar da força da carta, parece pesada perto das outras novidades que Un’Goro trouxe. As outras cartas tem custo mais baixo e são mais rápidas, sugerindo decks mais rápidos para a classe.

Neil – Carta definidora de arquétipo, será essencial nele.

Sá – Carta excelente para a classe. Ainda mais se levarmos em conta o passado FACE do Caçador.

Neil – é uma carta com grande sinergia com a quest e os raptor da queen, acredito que estará presente.

Sá – Me parece uma ótima maneira de comprar feras com uma carta de custo baixo.

Neil – Carta fortíssima devido a sinergia absurda com as feras, em um deck Midrange é figurinha presente.

Sá – Uma carta dessa no deck pode funcionar muito bem.

Neil – Carta forte em um deck agressivo, o uso do último suspiro pode garantir um letal com os [Comando para Matar] e dano direto.

Sá – Essa ferinha comba com a missão e ainda te dá m lacaio a mais, achei uma carta muito boa.

Neil – Carta legal, mas não acredito que rode na ranqueada, tem opções melhores.

Sá – A carta não é ruim, mas pelo custo tem cartas melhores para a classe.

Neil – Carta primordial no arquétipo da quest, para ser perfeita, poderia ser fera para abusar das sinergias.

Sá – O efeito desta carta casa direitinho com a missão. Seu custo beneficio não é dos melhores, mas pode ajudar demais um arquétipo da classe que use a missão lendária.

Neil – É uma excelente carta para o deck agressivo ou midrange, tem um ótimo corpo e efeito muito bom.

Sá – Carta muito boa, Além de ser um bom custo dois de mana, tem sinergia com as feras.

Neil – A nova [Teceteia] deu as caras e verá jogo em um arquétipo mais Midrange.

Sá – Mais uma fera que vai ajudar a classe a completar a missão lendária. Custo um, com grito de guerra de adicionar uma fera a sua mão, é muito boa.

Neil – É uma remoção para lidar com a agressividade inimiga, é um pouco pior que o [Disparo Veloz], mas como a classe carece de remoção, acredito que veja jogo.

Sá – É uma versão mais barata do [Tiro Explosivo], com custo e efeito menor. Não sei se vê jogo, mas pode ser boa contra decks agressivos.

Mago

Neil – Parece ser inicialmente uma boa carta, mas é muito lenta então acredito que não veja jogo.

Sá – Me parece uma boa carta, um pouco pesada. Funcionaria melhor com buffs que beneficiassem na hora das trocas, o que não é comum na classe.

Neil – Uma quest que divide opiniões, acredito que essa carta possa vir ser até problemática de tão forte, sobretudo será bastante divertida.

Sá – Essa missão parece ter um apanhado enorme de combinações possíveis, eu acredito que vá funcionar, e muito bem. Quem nunca quis ter dois turnos seguidos sem que o oponente tivesse o dele?

Neil –  Carta que acompanhará o arquétipo da quest, bastante forte conseguir no turno 2, um [Golpe Flamejante] custando 5.

Sá – Carta muito boa, barateia feitiços e tem uma sinergia enorme com a missão lendária.

Neil – Achei exagerada e desmedida, não acho que verá jogo.

Sá – Acho que nem pra “for fun” deve ser usada.

Neil – Pode ser uma carta tech da quest, é bem fácil de se jogar em volta, não acredito que veja jogo.

Sá – O efeito dela é legal, e ajuda a missão lendária. Interessante é que existe a possibilidade de ganhar uma [A Moeda] custo zero kkkk

Neil – Pode ser uma das cartas core do arquétipo da quest, combando com [Aprendiz de Feiticeira] e [Arquimago Antônidas] em [Bola de Fogo] eternas.

Sá – O efeito da carta é bom, mas acho ela um pouco pesada.

Neil – Em um arquétipo com elementais, essa carta veria jogo, no geral, creio que não acontecerá.

Sá – Cabe em alguma experimentação de Mago Elemental.

Neil –  Ótima carta para melhorar as compras do deck e excelente efeito, acredito que verá jogo esse [Cientista Louco] melhorado.

Sá – Achei esta carta muito boa, e acredito que verá jogo.

Neil – Carta candidata a figurar no arquétipo da quest, acredito em ao menos uma cópia.

Sá – Mais uma carta para auxiliar a missão lendária da classe, muito boa.

Neil – É uma remoção eficaz apenas contra decks que floodam a mesma e tenham lacaios de vida baixa, sinceramente há opções melhores para a curva.

Sá – É uma remoção razoável, mas a classe tem coisas melhores e mais efetivas. Esta é parceira do Vaporífero em um arquétipo de Mago Elemental.

Paladino

Neil – Carta poderosa se usada no momento certo, parece bem interessante um Punho de Prata trocando um [Gigante da Montanha].

Sá – É uma carta coringa, por isso ela é forte. O fato de você usa-la tanto pra buffar seus lacaios, quanto pra nerfar os do oponente, e ficar com um 3/7 na mesa, faz com que ele tenha grandes possibilidades de ver jogo.

Neil – Com a companhia do Campeão Pinaprimeva não só esta quest fica possível como o Galvadon é absurdamente forte, acredito muito no potencial dessa carta.

Sá – É uma missão mais difícil do que as anteriores, mas não é impossível. O efeito de completá-la é muito bom. Vai ser mais simples se o deck tiver o [Campeão Pinaprimeva] pra devolver os feitiços.

Neil –  Boa carta para finalização, mas não acredito que ela veja jogo.

Sá – Carta com ótimo efeito e um custo alto demais.

Neil – Grande estrela do arquétipo que levará a quest, talvez o maior motivo dela funcionar de fato, com certeza será essencial nas listas.

Sá – Esta carta casa com a missão lendária, decks que usa-la com certeza terão esse Murloc!

Neil – Efeito muito bom, corpo decente, acredito que ao menos uma jogará.

Sá – Custo benefício bom, e com um efeito bem legal. Parece valer a pena ter uma dessas em seu deck.

Neil – Achei pesada e o efeito não é muito bom, já que os Punhos de Prata são de fácil remoção.

Sá – Custo de mana muito alto, e achei o efeito meio sem graça.

Neil – Seria muito boa, se não fosse o custo alto, se custasse 5, apostaria com mais segurança, mas não estou muito seguro da efetividade dessa carta na ranqueada.

Sá – Custo da carta é muito alto, não acredito que veja jogo.

Neil – Não acredito que veja jogo, os segredos são bem situacionais e nenhum tem a possibilidade de virar um jogo.

Sá – Um Murloc com efeito de descobrir segredos pode ser usado talvez como uma tech card em algum arquétipo de Segredos. Fora isso não vejo onde pode funcionar no jogo.

Neil – Em uma versão mais agressiva com buffs, essa carta tem seu potencial, ou se combinada com o Salvassol Tarim, tem um ligeiro potencial, não sei se suficiente para manter-se no Meta.

Sá – Não acredito que funcione muito bem nos decks, talvez com algum tipo de buff possa rodar.

Neil: Ok, boa carta, pode dar possibilidades interessantes devido a flexibilidade do Adaptar, talvez veja jogo.

Sá –  Acho uma boa carta, o único problema é que o leque da mecânica de Adapte é bem grande.

Sacerdote

Neil – Lendária aparentemente interessante mas não sei ao certo sua viabilidade.

Sá – Me parece uma lendária boa, não sei se roda apenas pelo custo, mas acredito que possa ver jogo.

Neil – Um Sacerdote Kazakus N’Zoth está dando as caras graças essa carta, com a ajuda do [Vulto Cambiante] e novas cartas de último suspiro.

Sá – Será uma missão lendária muito legal para um deck com N’Zoth.

Neil – Eu particularmente não gostei tanto, mas pode funcionar trazendo uma remoção como [Nova Sagrada] ou [Poção de Fogo de Dragão].

Sá – Acho que se o custo fosse um seria uma carta excelente, mas com um efeito tão amplo, custo dois é muito alto, seu uso vai depender muito dos arquétipo que serão criados para a classe.

Neil – Sinceramente não sei se essa carta vai rodar, vejo opções bem melhores para o custo.

Sá – Essa carta eu considero “for fun”. Não acredito que seja muito usada.

Neil – Carta que estará no arquétipo da quest, o quão viável será esse arquétipo? Não sei.

Sá – Um elemental, com último suspiro de copiar uma carta do oponente, acho que pode ser útil com a missão lendária.

Neil – Carta que fará parte do novo arquétipo do Sacerdote tirando valor com cartas como [Caerne Casco Sangrento] ou até o Oráculo Cristalino.

Sá – Eu gosto desta carta, ela pode ter muito valor copiando lacaios com Último Suspiro.

Neil – Seria bem mais interessante se o [Ragnaros, o Senhor do Fogo] tivesse entre nós, ainda tem boas opções, mas não creio que funcione.

Sá – Sinceramente prefiro gastar oito de mana evocando um lacaio que eu já escolhi pro meu deck. Não é ruim a carta, mas não acho de extrema importância.

Neil – Mais uma carta com sinergia direta com a quest, com certeza funcionará.

Sá – Mais uma tartaruga weeeeee. Gostei da carta pelo Provocar+ Último Suspiro, principalmente com a possibilidade de cura e buff do Sacerdote.

Neil – Pode ser que venha no arquétipo junto da quest, ou em outro arquétipo qualquer, é uma boa carta.

Sá – Gostei do corpo e efeito da carta, ela é muito útil para muitos arquétipos.

Neil – Carta muito boa em uma versão controle, ainda mais se tiver a sinergia do [Sacerdote da Garra do Kabal] em um lacaio.

Sá – Achei essa carta “roubada”, custo benefício excelente.

Ladino

Neil – É uma boa lendária, porém com a rotação do [Ocultar] venha a ver jogo só no Modo Livre, o corpo é de bastante fácil remoção, não acredito que ela funcione.

Sá – É uma carta “imortal”, vai ser difícil jogar tantas cartas no turno para revivê-la.

Neil – É uma quest meio encardida, mas de grande recompensa, o [Mestre Cervejeiro Jovem] e o [Passo Furtivo] serão amigos do peito.

Sá – A recompensa da missão lendária é muito boa, não se pode ignorar isso. Mas esta será realmente uma missão difícil, tendo que usar outras cartas para pegar ou copiar seus lacaios.

Neil – Carta com um corpo ruim mas com um bom efeito, pode ser que rode no arquétipo de Jade como uma remoção.

Sá – Custo beneficio meio duvidoso, pois o efeito é bom, mas o corpo da carta é bem ruim.

Neil – Se existir um Miracle, esse [Edwin VanCleef] de pobre lá estará, é uma ótima carta e pode ser de difícil remoção.

Sá- Devido ao baixo custo de alguns artifícios da classe, esta carta pode ser excelente em alguns arquétipos.

Neil – É um [Chá de Cardo] leve, em sinergia com a [Preparação] me parece muito boa, rodará em um Miracle, até poderia rodar no arquétipo da Quest, mas aí seria um pouco mais arriscado.

Sá – Não gosto desta carta para a classe, achei o custo dela alto.

Neil – Não gostei, não acredito q veja jogo.

Sá – Sinceramente acho o efeito interessante, mas custo 3 não me parece muito efetivo.

Neil – Roda em um deck específico de Roubar, no mais, o nerf na [Rajada de Lâminas] ainda não tem explicação.

Sá – A não ser que você jogue com um Ladino estilo Sacerdote, que curte pegar a carta alheia, não sei onde isso poderia se encaixar. A classe tem artifícios para isso, mas só a chegada da expansão vai nos mostrar se será viável.

Neil – Carta que pode ser uma remoção de um lacaio mais no early game, vejo ela funcionando melhor na Arena.

Sá – A carta não é ruim, mas não sei se tem espaço para ela na classe.

Neil – Não acredito no potencial dessa carta na ranqueada, seria se fosse um lacaio para completar a quest,o que não é o caso.

Sá – Não vejo motivo de usar essa carta, usar dois de mana para ter dois tokens, cada um com custo um, para dar dois de dano, é como gastar 4 de mana por dois de dano de feitiço, não acredito que compensa.

Neil – Mais uma do arquétipo de roubar, se o arquétipo entrar no Meta, ela funciona, caso contrário, é apenas for fun.

Sá – Uma boa carta, lembra muito o [Visão da Mente], mas ainda sim, não sei se tem espaço nos decks da classe.

Xamã

Neil –  É com certeza a carta mais forte da expansão e que manterá o Xamã no topo, aposto em um arquétipo elemental sem Jade.

Sá – Carta muito forte, ainda mais agora com tantos elementais.

Neil – Uma bela carta para o arquétipo de Xamã Murloc, terá companhia de cartas como [Chamem os Matadores] e Totem Pinaprimeva.

Sá – Carta de Murloc <3 Sempre existe a possibilidade de um deck de Xamã com Murlocs, mesmo que nem sempre seja o arquétipo mais forte da classe. Achei essa missão divertida e com grande potencial.

 

Neil –  Provavelmente a carta Elemental mais fraca e a mais difícil de ver jogo.

Sá – Sem dúvidas um custo benefício ruim.

Neil – Carta que eu vejo com  carinho no Xamã Murloc, trazendo cartas como [Murquinja, a Estrela], [Líder Guerreiro Murloc] em mais uma possibilidade de serem jogadas.

Sá – Uma cópia desta carta pode ser útil em qualquer deck, mas seu efeito é maior em decks mais rápidos, em que se mantenha a mesa sempre cheia e controlada.

Neil – Uma grande remoção que responderá muito bem principalmente o Caçador, verá jogo com certeza.

Sá – 15 de dano por cinco de mana parece injusto, mas ok, tem sobrecarga e é somente em lacaios. Ainda sim eu acho que o custo dela é um tanto alto, mas pode fazer partes de alguns arquétipos da classe sim.

Neil – Boa carta para ajudar na ativação da quest, vejo com muito carinho.

Sá – Ótima carta para um arquétipo Murloc!

Neil – [Al’Akir, o Senhor do Vento], Kalimos, o Lorde Primevo, custando 1 a menos? Sim, manda dois por favor!!

Sá – Carta para ser usada com sabedoria. Ela é bem específica, mas pela nova nomeclatura do jogo, Elemental, ela pode e deve ver jogo.

Neil – Boa carta para early e pode fazer boas trocas, acredito no seu potencial.

Sá – Uma [Dragoleta] estilo elemental, corpo bom, pode ver jogo no arquétipo com elementais.

Neil – Corpo ok para um provocar com cura, vejo duas cópias no arquétipo de elemental.

Sá – Mais uma carta para o arquétipo Elemental, acho que por ter dois efeitos a carta tem muito valor.

Neil – Boa remoção e dá sobrevida ao herói, ainda prefiro o [Raio Jade], mas pode ser que veja jogo.

Sá – A carta é pesada, mas por dar dano e restaurar pode ter cópias dela em alguns arquétipos.

Bruxo

Neil – Alvo preferido do descarte, junto com o [Golem da Prataria] é uma lendária fortíssima, no arquétipo ela será “must have”.

Sá – Parece que o arquétipo de Descarte do Bruxo ganhou algumas novidades e vai rodar de novo.

Neil – Zoo Discard é real, não só é real como é MUITO FORTE.

Sá –  Mais uma carta pro arquétipo de Descarte do Bruxo, aliás com essa missão lendária, as montagens deste arquétipo são inevitáveis, só não vai rodar se tiver muitas bad matches.

Neil – Seria viável em um bruxo Controle, mas com a rotação do [Reno Jackson] e a falta de uma grande cura, faz com que ela seja inviável.

Sá – A ideia é interessante, mas não sei se será aplicável, mesmo sendo uma fera.

Neil – Também entraria em um bruxo Controle, mas não vejo atualmente que esse arquétipo faça sentido.

Sá – A carta é boa, mas para ser usada tem que ser criado um deck meio que em torno dela.

Neil – Esse agoureiro em forma de magia é muito muito bom, mas, assim como os outros, roda melhor em um bruxo Controle.

Sá – UAU! É poderoso, seria ótimo no árquetipo Reno, mas como esta vai sair, não sei onde pode se encaixar.

Neil – Boa remoção, funciona bem em arquétipos distintos, os Pterrordaxes funcionam bem com o [Defensor de Argus].

Sá – Sinceramente, mais uma vez digo que o custo benefício é alto.

Neil – Carta excelente no discard, traz um lacaio que não deveria ter sido descartado, ou seja, aquele [Demonarca] que o RNG levou embora, não só pode como deve voltar.

Sá – Essa carta é ótima, tem muito espaço pra ela nos decks da classe.

Neil – Ótima carta, duas cartas serão necessárias, tem uma sinergia absurda com o arquétipo.

Sá – Mais uma carta pro deck de Descarte, tem bastante vida e provocar. Achei interessante.

Neil – Bom corpo e pode adaptar-se, sensacional.

Sá – É uma fera, tem um corpo bom com efeito de adapte-se, a remoção do lacaio aliado pode ser um problema menor. Apesar de gostar da carta, eu usaria com moderação.

Neil – Boa carta, mas meio esquisita, pode se adequar a muita coisa, inclusive a nada. Vejo mais essa carta na arena.

Sá  – A ideia da carta é legal, mas não vejo espaço pra ela nos decks da classe.

Guerreiro

Neil – Parece interessante no Controle, mas não vejo essa carta rodar por ser muito pesada.

Sá – Adoro essa mecânica do Guerreiro contra os lacaios feridos. Essa carta pode funcionar num deck controle, junto com uma [Redemoinho].

Neil – Um arquétipo colocado goela abaixo que parece que agora vai, Sulfuras é muito bom e o arquétipo finalmente parece ter tomado forma.

Sá – Mias uma vez querem que usemos o arquétipo de Provocar na classe. Acredito que desta vez a Blizz possa ter vencido, já que a Sulfuras é “lendária” (entendedores entenderão).

Neil – É o [Renunciar as Trevas] do Guerreiro, porém com uma possibilidade maior de ser utilizável, pois a mecânica de Descubra é muito forte.

Sá – Eitaaa, essa carta pode até não ser usada, mas que será divertida, será.

Neil –  Particularmente eu acho pesada, se entrar, entra em um arquétipo Controle tentando tirar valor do [Grommash Grito Infernal] para finalização.

Sá – Não gostei dessa carta, é cara, e pode pesar na mão, sem uso.

Neil – Excelente aquisição para um arquétipo agressivo, parece boa a ideia de um [Martelo da Perdição] para o Guerreiro.

Sá – Essa é uma arma interessante, é o [Metamorfo Zerus] das armas, parece muito boa.

Neil – Boa carta do arquétipo Provocar além de ajudar bastante na Quest, porém deve ser bastante punitiva contra o Paladino e sua enormidade de buffs.

Sá – Não podia ter menos vida e não dar lacaios pro oponente? Bom, pode ser usada em conjunto com algo que cause um de dano em área, que a classe ainda tem de sobra.

Neil – Uma carta decente no arquétipo de Provocar, que pode trazer consigo [Fortalecer] e [Mercadorias Roubadas].

Sá – Carta razoável, com um Último Suspiro ótimo, se o arquétipo de Provocar der certo mesmo, ela deverá estar nele.

Neil – Acredito também no funcionamento dessa carta apenas pelo fato de poder adaptar-se, o corpo é muito ruim pelo custo, tendo um pouco de sorte, coisas boas virão.

Sá – O que faz a diferença nesta carta é o Adapte-se, mas como eu já disse, por serem muitas opções pode ser um tiro no pé.

Neil –  Carta que funcionaria no Guerreiro Controle.

Sá – Adorei essa carta pro arquétipo Controle, que sempre foi meu favorito.

Neil –  Sinceramente não gostei dessa carta, o corpo é muito ruim e pode ser facilmente removida.

Sá – Mais uma carta estranha, mesmo tendo o ataque aumentado visando que o inimigo dê de cara com essa parede de 11 de vida, não achei ela boa.

Neutras

Neil – Mais um Rosarães que não vai ver jogo, esse pelo menos pode ajudar na quest do Druida.

Sá – Carta for fun, não verá jogo.

Neil – Não vai ver jogo, o próprio Kalimos é 100x melhor e mais barato.

Sá – Seria para um Deck Elemental, não sei se vê jogo, só se esse arquétipo for montado fora da classe Xamã, o que é bem difícil.

Neil – Me parece meio arriscado, mas como essa expansão tem muitas cartas boas, pode ser que rode em decks for fun ou em decks que possam dar longevidade ao arquétipo.

Sá – A ideia da carta é legal, mas é muito amplo o que pode acontecer. Não acho que veja jogo serio.

Neil – Me parece bom sobretudo no Sacerdote N’Zoth Kazakus, acredito que veja jogo sim.

Sá – Decks N’Zoth agradecem por esta carta, e choram pela saída da [Sylvana] do modo Padrão.

Neil – Se tiver lugar, será no Paladino e só, mas não acredito.

Sá – A carta é legal, mas não vejo jogo pra ela.

Neil – Ótima tech card para decks controle, dependendo da situação do Meta, veremos essa carta.

Sá – Eu realmente gostei desta carta, acredito que deva ser usada no lugar da [Gosma Ácida do Pântano].

Neil – Muito aleatória, corpo ruim carta bem for fun.

Sá – A arte mais lindinha da expansão! Pena que o efeito e corpo da carta não sejam satisfatórios.

Neil – Boa remoção, pelo menos uma dá as caras.

Sá – Parece um pouco com o [Elemental de Fogo], pode ver jogo sim, é forte.

Neil -O Xamã Murloc agradece, pode trazer coisas boas para o arquétipo e tem um corpo muito bom.

Sá – A carta é boa, mas com tantos Murlocs novos e com os antigos que são muito bons, não sei se terá tanto espaço. Talvez eu colocasse um no meu deck para testar.

Neil – Pesada para ser apenas uma remoção.

Sá – Vendo esta carta, me lembro do Rei Pó, ops [Rei Mó], não acho que seja fácil para esta carta ver jogo.

Neil – Carta para arena, não acredito que verei na ranqueada.

Sá – Olha, um primo do [Gargagelo], se os arquétipos de Dragão encontrarem uma forma de sobreviver, ele pode estar lá, mas ainda não acho que seja muito possível.

Neil – O [Aníquilus] voltou diferente, meio pré-histórico, acho que se rodar, roda apenas em decks bem agressivos.

Sá – Carta muito forte, pode rodar, e não podemos nos esquecer que existem formas de silenciar, o que o torna mais interessante.

Neil – Uma boa carta para trocas iniciais, porém o ônus é muito grande, não acho que vai rodar.

Sá – Essa carta não deve ver jogo.

Neil – Pode ser muito boa, ou muito ruim, acredito que o único arquétipo (mesmo que com riscos) viável, é o Druida da quest.

Sá – Esta carta é interessante, mas pode ser um tiro no pé, não acho que eu usaria, mas também não gostei do [Rato Sujo], e acabamos descobrindo ótimos usos para ele.

Neil –  Boa carta com grande sinergia com elementais, vejo com carinho no Xamã.

Sá – Outra carta para o arquétipo Elemental, muito boa.

Neil – Muito ruim, não vai rodar.

Sá – Caberia apenas com silence, não acho que vá ser usada.

Neil – Carta de Arena, embora seja interessante, não acredito que tenha espaço na ranqueada.

Sá – A carta é boa, acredito que se usada vai ser quase um “Provocar psicológico” para o oponente. A dificuldade no uso dela é que tem outras cartas melhores com esse custo, e o efeito dela só vira no turno seguinte.

Neil – Bela carta para o Zoo Discard e para o Paladino da quest, pode forçar a volta do Silenciar.

Sá – É uma carta bonitinha pra usar com [Defensor de Argus], com buffs, contra dano em área. Pode ser adaptada para alguns arquétipos, em muitas classes.

Neil – Carta para o Guerreiro Provocar, que ficará ainda melhor se for buffada.

Sá – Vale num deck de Guerreiro com Provocar, mas é mais por descobrir outro lacaio com Provocar.

Neil – Sinceramente não gostei, mas se vier um silenciar fica interessante.

Sá – Achei desinteressante, não deve ver jogo.

Neil – Pelo menos inicialmente, essa carta é figurinha carimbada, caso o arquétipo Pirata sumir, essa também sumirá.

Sá – Esta carta deve ter sido feita para lembrar o [Caranguejo Faminto], mas mesmo com tantos Piratas no jogo, não sei se ela entraria em campo.

Neil –  Ótima carta para o Xamã Elemental, duas verão jogo e podem ser determinantes.

Sá – Carta que deve ver jogo no arquétipo Elemental.

Neil – Não sei bem o que esperar, acredito que não funcione.

Sá – Esta carta, que foi dada aos que logaram um dia antes do lançamento da aventura, é forte, mas ainda não consigo imaginar em que deck ela pode caber, talvez um Controle, buscando Provocar neste duplo Adapte-se.

Neil – Achei bem fraco, de fácil remoção, não acredito que funcione.

Sá – Seria bom acompanhado de algo como a [Leva-Cristais do Kabal], mas é muito situacional.

Neil – Boa carta para o Xamã Murloc, pode gerar muito valor.

Sá – Ótima adição para decks Murloc.

Neil – Belo lacaio, serve para frear decks agressivos, vejo que ela funcionará.

Sá – Outra destas cartas que ganham ataque no turno do oponente, mas desta vez, ela tem um custo melhor. Ainda sim, não sei se será usada.

Neil – Talvez funcione no early do Xamã, ou como ativador de outro lacaio, vejamos.

Sá – Esta carta seria pra um começo de jogo, pro custo dela, ela tem muito valor.

Neil – Mais um com sinergia com Elemental, pode ser que funcione, me parece bem interessante o fato de também Adaptar-se.

Sá – Mais uma carta para o arquétipo Elemental, acredito que se esse tipo de deck for mesmo usado, ela faça parte dele.

Neil – O corpo é bom, é uma boa carta de early, com sinergias com diversos lacaios do arquétipo Elemental.

Sá – Esta carta é interessante, tem bom Último Suspiro, e pode ver jogo, principalmente por ser um Elemental.

Neil – Muito ruim, forçando muito só com adaptar ou [Sensei Sombrio].

Sá – Mais uma carta que dificilmente vê jogo, talvez num deck de buffs.

Neil – Tem opções melhores para a curva, não acredito muito nessa carta.

Sá – A carta até é interessante, mas acho que temos cartas melhores com esse custo.

Neil – Muito situacional e difícil de tirar valor, não acredito muito nela.

Sá – A carta não é ruim, mas acredito ter cartas melhores com esse custo.

Neil – Tem opções melhores para o custo, não vai ver jogo.

Sá – Custo muito alto, e a parte de aleatório dela não me deixa satisfeita.

Neil – Pode ser uma opção para o Guerreiro Provocar pelo efeito.

Sá – Essa carta provavelmente não verá muito jogo, mas o efeito venenoso dela pode chegar a fazer parte de algum arquétipo e acredito que possa ser uma compra razoável na arena.

Neil – Só rodaria em arquétipos extremamente agressivos, caso contrário, não vejo jogo.

Sá – Não acho que veja jogo.

Neil – Muito boa carta para o Xamã Murloc, acredito que duas cópias estarão presentes.

Sá – Mais uma carta que beneficia os Murlocs, acredito que veja jogo em qualquer arquétipo desses lindinhos.

Neil – Corpo ruim, não vai ver jogo.

Sá – Uma versão maior de [Tocaieiro Sopraguelra], que já nao viu jogo, a não ser nas incríveis quests em que precisamos usar muito Murlocs.

Neil – Não vejo essa carta vendo jogo, mas talvez funcione.

Sá – Arte da carta é binitinha, mas não a achei tão boa.

Neil – Carta horrível, uma das piores dessa aparentemente boa expansão.

Sá – Mais uma carta com um custo benefício ruim.

Neil –  Em um Ladino Furtividade ela tem grande sinergia com o [Sensei Sombrio], pode ver jogo sim.

Sá – Carta muito boa para arena.

Neil –  Carta ruim, não verá jogo nem na Arena.

Sá – Essa carta é meio sei lá. Mesmo sendo elemental, com Fúria dos Ventos, não acho que veja jogo.

Neil – Carta de Arena e olhe lá.

Sá – Carta cara pro ataque!

Neil –  Talvez entre no Xamã Murloc substituindo uma carta melhor que custe mais caro e só.

Sá – O efeito é legal, mas não acho q será usada, por causa do corpo.

Neil – Carta ruim, talvez rode na Arena.

Sá – Custo benefício ruim.

Neil – Situacional e difícil de tirar valor, não verá jogo.

Sá – Pode ser uma carta usada em decks Aggro.

O cara que tende a ser trollado pelo RNG, mas tenta não reclamar disso. Gosta tanto de Hearthstone que não tem apenas um heroi preferido, têm todos.